Dia #357 Últimas semanas

IMG_1227

IMG_1207

Veja outros looks com as peças usadas hoje!
regata preta
saia floral midi

Anúncios

Dia #156 Velhas tradições x Novas tradições

Usar roupas novas no fim do ano é uma tradição forte mas, por mais que eu procure, não encontro a origem desse costume. Existem os simbolismos sobre as cores, sobretudo branco, mas nada sobre vestir algo novo. Por favor, quem souber mais sobre o assunto me conta? Fico me perguntando se é mais uma convenção comercial moderna que a gente assumiu sem pensar.

Particularmente, eu gosto de usar branco no Reveillón. Não por superstição, mas porque acho bonito ver tanta gente usando a mesma cor. Me dá uma sensação de unidade. Mas… será que precisa ser novo? Será que podemos substituir essa tradição por algo muito mais significativo? Se a intenção é abrir os caminhos para que o novo ano comece livre, leve e com energia boa, que tal fazer uma arrumação e doar tudo aquilo que está sobrando no seu armário? Não é uma ideia muito mais bonita?

Pode ser a sua nova tradição de fim de ano. Pense nisso 😉

IMG_7397

IMG_7396

IMG_7395

Veja outros looks com as peças usadas hoje!
regata marrom listrada
saia midi floral

Dia #70 Grupo de apoio e de amor

Bom dia, gente boa. Lembrei de comentar com vocês que temos um grupo no Facebook para conversar sobre esse processo de desapego e minimalismo. Clique aqui: Less is the new black. Sejam todas(os) bem vindas(os) ❤

Para quem se interessa no tema, também estou em outro grupo ótimo, Em busca de um armário-cápsula. Lá tem tudo o que você precisa saber para se aventurar na metodologia e ainda ganha apoio extra para dar o primeiro passo.

Se vocês conhecem outros grupos interessantes sobre o assunto, por favor, me contem. Acho que esses espaços são todos valiosos pra gente conversar com gente bacana e trocar ideias.

Sobre o look, hoje tô mais animadinha e mais coloridinha. É uma combinação nada óbvia e que eu jamais teria pensado em fazer se as peças não estivessem tão pertinho no armário. Mais um ponto para o guarda-roupa enxuto!

IMG_1884

IMG_1887

IMG_1885

IMG_1888

IMG_1889

Veja outros looks com as peças usadas hoje!
blusa manga longa listra verde
saia floral midi

Dia #58 Por que deixamos de fazer nossas roupas?

Outro dia uma amiga linda postou no insta um look todinho feito pela mãe. Aquilo me encheu de nostalgia. Me lembrei de quando eu era criança e minha mãe deixava eu desenhar minhas próprias roupas e levar na costureira. Lembro especialmente de um trapézio lilás com legging roxa que eu a-m-a-v-a.

Me parece estar em desuso fazer as próprias roupas na costureira, mas não entendo o porquê. Claro, é muito mais fácil entrar numa fast fashion e escolher várias peças baratinhas, prontas e divididas em 10x no cartão. Mas isso se compara com a beleza de ter uma roupa especialmente feita para você, com suas medidas e do jeitinho que você quer? Isso sem falar que você sabe exatamente em quais condições as roupas estão sendo fabricadas e estimula negócios locais. É tudo de lindo.

Se você tem a sorte da Susan e tem uma mãe prendada, que tal inventar umas modas? Eu tenho uma amiga muito especial que sempre topa as minhas maluquices, a Carina Rosa, costureira de mão cheia em Piçarras. Encontre um par de mãos talentosos e crie roupas que realmente representem quem você é. Roupas para amar ❤

Esta é a Susan usando o look todo feito pela dona Saskia. Obrigada, amiga, por deixar eu postar essas fotos tão inspiradoras. Você é uma musa! Esse sapato lindo que ela usa também foi feito pela mãe – que eu tô desejando muito (será que ela aceita encomendas?).

IMG_0410

IMG_0746

E aqui tô eu hoje, usando a saia feita pela Carina com um tecido que eu vi na rua e AMEI. Se você estiver de passagem pela cidade mais linda do mundo e quiser conhecer o ateliê dela, fica na Rua Nossa Senhora da Paz, 21, Centro, Piçarras, SC.

IMG_0839

IMG_0841

IMG_0840

IMG_0842

Veja outros looks com as peças usadas hoje!
saia floral midi
camiseta preta estampada
jaqueta de couro 

Dia #53 Cinco motivos pra começar já!

Hoje saiu uma matéria muito da maravilhosa no Diário Catarinense sobre o desafio!  Fiquei feliz de ver várias meninas pensando em aderir. Para quem ainda não se decidiu, eu fiz um vídeo dando 5 motivos para começar já! Assista aqui.

Captura de Tela 2015-09-10 às 11.57.03

Também rolou uma entrevista muito legal. Reproduzi uma parte abaixo, mas você pode conferir o papo na íntegra aqui.

O que te inspira para fazer essa experiência?
Essa reflexão sobre o que nós temos e o que realmente precisamos é muito atual e urgente. Primeiro, para avaliar a nossa relação com nós mesmos. Antes de comprar, perguntar para si mesmo “por que estou comprando isso?”, “quero me recompensar por algo?”, “quero mostrar algo para alguém?”, “por que eu preciso disso?” ou “eu preciso mesmo disso?”. A resposta para essa última pergunta será “não” em 99% das vezes. Você pode economizar esses 99% de verba em algo que realmente traga satisfação a longo prazo, como uma viagem ou um curso.

O que tem sido mais difícil?
O difícil não é ficar só com 50 peças. Na verdade, fica cada vez mais claro que ter menos roupas só facilita a minha vida. O difícil é parar de comprar. É difícil frear a vontade de comprar uma coisa porque “é bonito” ou porque “está barato”. Mudar o hábito de comprar por impulso é muito mais difícil do que eu esperava. Dos anos 90 pra cá, as redes de fast fashion criaram uma cultura de comprar roupa nova todo mês porque as roupas começaram a ser muito baratas e muito abundantes.

O que tu queres ensinar com esse projeto?
No começo, achava que não tinha nada para ensinar porque eu mal podia dar conta do meu próprio consumismo. Mas depois percebi que a minha trajetória durante o desafio pode auxiliar muitas pessoas que, como eu, não percebiam o motivo de nunca sobrar dinheiro para nada. Quero que as pessoas façam as contas, organizem melhor a própria vida financeira e – o mais importante – descubram que não precisam de muita coisa para ser feliz com o guarda-roupa. Eu posto diariamente o “look do dia” para me estimular a continuar na linha e para provar que não estou andando maltrapilha nem mal vestida porque resolvi ficar com poucas roupas no armário. Quando percebemos que precisamos de pouco, parar de comprar é um passo natural. O consumo fica mais consciente porque você sabe do que precisa e para de comprar por impulso. Acho que o consumismo é um comportamento ultrapassado do qual teremos vergonha no futuro.

Tu achas que as pessoas gastam muito em roupas?
Demais. Muito mais do que elas acham. É um processo mental difícil de desarticular porque foi muito bem construído a partir da industrialização. Começou a se produzir mais produtos e, desde então, as pessoas são encorajadas a comprar mais do que o necessário. Sem contar a questão ambiental. Se continuarmos comprando e descartando coisas nesse ritmo, o planeta entrará em colapso. Me parece que frear o consumo é uma atitude que vamos ter que tomar, mais cedo ou mais tarde.

Quem é referência em modo de se vestir para você?
As parisienses. Eu li que é comum na França as mulheres terem 10 peças de roupa no armário. Elas usam cores neutras, peças clássicas e roupas que nunca saem de moda. Elas não são fashionistas, não estão preocupadas em comprar aquilo que todo mundo está usando agora. Eu comprei uma vez uma camiseta preta com estampa de cachorro raivoso porque todo mundo estava usando na Semana de Moda. Gente, uma camiseta-preta-com-estampa-de-cachorro-raivoso. Usei uma vez só. Ser fashionista nos faz agir como pessoas que não pensam, estão apenas seguindo a multidão. Não quero ser essa pessoa. Quero usar roupas onde eu me sinta bem e bonita.

Look de hoje é floral comemorativo porque é sempre bom ver sua mensagem chegando mais e mais longe. Dancinha da celebração \o/ \o/ \o/

Saia: Carina Rosa (amiga e costureira maravilhosa de Piçarras)
Camisa: Tommy Hilfiger
Sapato: Via Mia
Barriguinha aparecendo: (oferecimento nutella e banana no café da manhã)

IMG_0288

IMG_0290

IMG_0293

Veja outros looks com as peças usadas hoje!
camisa azul-claro
saia floral midi 

Quais são as 50 peças

Aqui estão catalogadas todas as 50 peças de roupa que vão fazer parte do desafio. Elas também estão listadas aqui no lado esquerdo da página, onde você pode clicar em cada uma para ver os looks que já foram feitos com a peça 😉

50-pecas